Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 1 de Setembro de 2014
Busca no Site:
Busca por município:

Bandeira do Maranhão
Bandeira do Maranhão

» Home
» Brasil
» Regiões
» Estados
  :: São Luis
    .: Arquitetura
    .: Como Chegar
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Distritos Turisticos
    .: Eventos
    .: Hidrografia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Litoral
    .: Parques
    .: Relevo
    .: Sites Municipais
    .: Álbum de Fotos

 
» Municípios
» Álbum de Fotos
» Notícias
» Comentários
» CEP
» Fale Conosco
» Favoritos
» Quem Somos


São Luis - MA

Arquitetura
Fortes | Palácios | Construções | Monumentos | Praças | Logradouros | Templos

Fortes:

Ruínas do Forte São Marcos:
Ruínas da construção do séc. XVIII. Oferece vista panorâmica da Ilha de São Luís.
Localização: Praia de São Marcos.

Ruínas do Forte Santo Antônio:
Ruínas da construção de 1691. Com forma circular, cercada por uma muralha de pedras lavradas.
Localização: Praia de Ponta d'Areia.

Palácios:

Palácio La Ravardière:
Construção de 1689, para homenagear o fundador da Cidade, Daniel de La Touche. Nele funcionaram a Casa da Câmara e a Cadeia. Atualmente é a sede do Governo Municipal.
Localização: Av. D. Pedro II, Centro.

Palácio dos Leões:
Construção de 1776, sofreu várias reformas até chegar a forma atual. É a sede do Governo do Estado. Conta com uma pinacoteca.
Localização: Av. D. Pedro II, Centro - Tel: 232-1633.

Palácio Cristo Rei:
Construção em estilo colonial, para servir de residência, abrigou posteriormente a sede da Escola de Jesuítas, a Escola de Aprendizes Marinheiros, a Escola Normal do Estado e atualmente é o prédio onde funciona a Reitoria da UFMA.

Construções:

Casa das Tulhas:
Construção de 1861, é um conjunto de casario colonial em forma de círculo, onde se vende produtos típicos maranhenses.
Localização: Rua da Estrela, Praia Grande.

Teatro Arthur Azevedo:
Construção de 1817, em estilo colonial, é o segundo mais antigo do Brasil. Passou por reformas e modernização em 1993.
Localização: Rua do Sol, 180 - Tel: 221-3317.

Solar do Barão de Grajaú:
Construção do séc. XIX, com revestimento de azulejos portugueses, para servir de residência. Foi adquirido pelo Governo do Estado em 1996, transformando-se no Museu de Arte Sacra.

Solar Gomes de Souza:
Construção de 1836, para servir de residência. Atualmente é a sede do Museu Histórico do Maranhão.
Localização: Rua do Sol, 302 - tel: 2214537.

Solar  Cesário Veras:
Construção do séc. XIX, apresentando 2 pavimentos e um mirante.
Localização: Rua do Egito, Beco do Couto.

Prédio dos Diários Associados:
Construção de 1813, conta com 3 pavimentos.
Localização: Rua Formosa, 46.

Sobrado Pontes Visgueiro:
Construção com fachada de azulejos e vidros coloridos.
Localização: Rua 13 de maio, 124.

Casa de Aluísio de Azevedo:
Construção do séc. XIX, onde Aluísio de Azevedo escreveu "O Mulato". Azulejos substituíram o revestimento original.
Localização: Rua do Sol, 567.

Solar dos Belford:
Construção de 1756, apresentando 3 pavimentos, revestido de azulejos portugueses verdes.
Localização: Praça João Lisboa, Rua João Vital de Matos.

Solar da Baronesa de Anajatuba:
Construção do séc. XIX, é conhecido como "Cavalo de Tróia" por ser um dos mais altos da cidade. Atualmente é a sede do IPHAN.
Localização: Rua do Giz, nº 235, entre as Ruas 14 de Julho e João Vital de Matos.

Sobradão da Praia Grande:
Construção de 1829, conta com 4 pavimentos recobertos de azulejos portugueses.
Localização: Rua do Trapiche, entre o Beco Catarina Mina e o Anel Viário.

Edifício da Pousada Colonial:
Construção do séc. XVIII, apresenta fachada com azulejos portugueses em relevo.
Localização: Rua Afonso Pena, 112. 

Fórum:
Construção do séc. XIX, em estilo eclético, apresenta colunas romanas.
Localização: Av. Pedro II.

Cafuá das Mercês:
Construção do séc. XIX, em estilo colonial, era um antigo mercado de escravos. Atualmente abriga o Museu do Negro.

Cais da Sagração:
Muralha que se estende da Praia do Caju até a Rampa do Palácio. É circundada pela Av. Jaime Tavares.

Edifício São Luis:
Construção do séc. XIX, é o maior prédio de azulejos em estilo colonial do Brasil. Conta com 3 andares e duas fachadas revestidas com azulejos azuis e brancos. Atualmente abriga uma agência da Caixa Econômica Federal.
Localização: Praça João Lisboa.

Casa da Cidade:
Construção do séc. XIX para servir de residência.

Sítio do Tamancão:
Construção do séc. XIX, era uma área de beneficiamento de arroz. Restam a casa-grande decorada com azulejos portugueses, um trapiche por onde embarcavam as mercadorias e um sistema de canais e comportas para o aproveitamento de energia hidráulica.
Localização: Às margens do estuário do Rio Bacanga.

Sítio do Físico:
Ruínas da primeira fábrica de pólvora e do primeiro curtume industrial do Maranhão, construções do séc. XIX, em estilo medieval.
Localização: À margem esquerda do Rio Bacanga.

Monumentos:

Pedra da Memória:
Construção de 1841, comemora a Coroação D. Pedro II.

Fonte das Pedras:
Espaço arborizado, marca o local onde Jerônimo de Albuquerque, herói na luta contra os franceses em 1615, acampou com suas tropas. Conta com 5 carrancas em cantaria e várias galerias para captação de água.
Localização: Rua Antônio Rayol, 363, Mercado.

Fonte do Ribeirão:
Construção de 1796, em arquitetura colonial, com o objetivo de abastecer a Cidade, possui fachada colonial revestida de pedras de cantaria e proteção de paredões em alvenaria. Conta com várias carrancas de pedra e 3 janelas que acessam as galerias subterrâneas.
Localização: Entre as Ruas dos Afogados e das Barrocas, Largo do Ribeirão.

Pirâmide de Bequimão:
Construção de 1910, marca o local onde Manuel Beckman, líder da Revolução de Beckman, foi enforcado em 1685.
Localização: Praça Manuel Beckman, Praia Grande.

Praças:

Praça João Lisboa:
Conhecida como Largo do Carmo, é considerada o coração da Cidade. Abriga a estátua de João Lisboa.

Praça Gonçalves Dias:
Conhecida como Largo dos Amores ou Largo dos Remédios, abriga um monumento em homenagem a Gonçalves Dias. Dela se tem a melhor vista do pôr-do-sol na Baía de São Marcos.

Logradouros:

Av. D. Pedro II:
Antiga Av. Maranhense, era o local onde os franceses pretendiam fundar a França Equinocial. Nela encontram-se o Palácio dos Leões, o Palácio La Ravardière, a Catedral Metropolitana ou Igreja da Sé e o Palácio Episcopal.

Praia Grande:
Bairro mais antigo e tradicional da Cidade, é o coração do Centro Histórico. Possui cerca de 300 casarões, ruas e praças que foram restaurados pelo Projeto Reviver. Por volta de 1789, era o centro comercial e econômico da Cidade com grandes firmas ali estabelecidas. Com a estagnação econômica, foi se deteriorando, chegando a ter algumas partes em ruínas. Atualmente é uma área de lazer com espaços para manifestações artístico-culturais. Nela se localizam as Ruas do Giz, Portugal, do Sol, da Estrela e a Praça do Comércio, entre outras.

Rua Portugal:
Típica rua de comércio, onde se instalaram as firmas portuguesas mais importantes da época. Abrigava o primeiro elevador de São Luís. Atualmente é ocupada por órgãos públicos e pequenas lojas de artesanato. Possui o maior conjunto contínuo de sobrados com fachadas em azulejos portugueses do Centro Histórico, entre eles o que abriga o Museu de Artes Visuais.

Beco Catarina Mina:
Rua com grande escadaria de 35 degraus, em pedra de lioz, homenagem a uma escrava chamada Catarina Rosa de Jesus Ferreira, que enriqueceu e tornou-se uma grande dama da sociedade.

Rua do Giz:
Abriga diversas escadarias e ladeiras com numerosos sobrados, destacando-se o de nº 221, Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho e o de nº 235, que pertenceu à Baronesa de Anajatuba, hoje, sede do IPHAN.

São João:
Bairro com edificações caracterizadas por estarem em lotes em forma de L ou U, por terem telhados em telha de barro do tipo capa-e-canal e pelo revestimento em azulejo dicrômico português. 

Desterro:
Bairro dos mais antigos de São Luís, surgiu em torno da Igreja do Desterro.

Templos:

Convento e Igreja de Santo Antônio:
Construção de 1624, em estilo manuelino, foi o local de pregações de Padre Antônio Vieira contra a escravização dos índios. Inicialmente foi construído o Convento de Santo Antônio e depois a Capela do Senhor Bom Jesus dos Navegantes. Em 1867, a Igreja foi construída. O Convento foi palco de reuniões preparatórias da Revolta de Beckman (1684).
Localização: Praça de Santo Antônio.

Igreja de São João Batista:
Construção de 1665, em estilo neoclássico, para pagamento de uma promessa. Nela encontra-se o túmulo de Joaquim Silvério dos Reis, traidor da Inconfidência Mineira, falecido em 1819.
Localização: Largo de São João.

Igreja dos Remédios:
Construção de 1719, em estilo gótico.
Localização: Largo dos Amores, Praça Gonçalves Dias.

Igreja da Sé:
Construção de 1622, é um dos monumentos históricos mais antigos de São Luís. Foi transformada para o estilo neoclássico em 1922, com altar-mor talhado em ouro. É a Catedral Metropolitana.

Palácio Episcopal:
Construção de 1627, eram os antigos Colégio e Capela Nossa Senhora da Luz, que passaram a ser residência dos bispos, seminário e livraria em 1761.

Igreja do Desterro:
Construção de 1614, é a primeira Igreja do Maranhão. Em 1641 foi saqueada pelos holandeses e reconstruída em 1832. Chegou a ficar em ruínas mas em 1954 foi feita a restauração.
Localização: Largo do Desterro.
Funcionamento: Diariamente de 8:00h às 12:00h e de 16:00h às 18:00h.

Convento e Igreja das Mercês:
Construção de 1654, em pedra e cal. A partir de 1863 passou a ser a sede do Seminário Menor. Em 1905 foi adquirido pelo Governo que os reformou a fim de servirem de quartel para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militares do Estado. Mais tarde, transformou-se na sede da Fundação da Memória Republicana, se mantendo até os dias de hoje.

Convento e Igreja do Carmo:
Construção de 1627, têm a fachada revestida em azulejos portugueses escadaria em pedra de cantaria.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretinhos:
Construção de 1624.
Localização: Rua do Egito, s/nº, Centro.

Igreja de Santana:
Construção de 1794, abriga painel de azulejos.
Localização: Rua de Santana, s/nº, Centro.

Capela das Laranjeiras:
Construção de 1816, é uma Capela doméstica.
Localização: Rua Grande, ao lado do Colégio Marista, Centro.






Busca no Site:
Busca por município:

© Copyright 2000-2013 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal