Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 21 de Outubro de 2014
Busca no Site:
Busca por município:

Bandeira do Rio Grande do Sul
Bandeira do Rio Grande do Sul

» Home
» Brasil
» Regiões
  :: Rio Grande do Sul
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Culinária
    .: Economia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Quadro Humano
    .: Quadro Natural
    .: Turismo
    .: Sites Estaduais

 
» Capitais
» Municípios
» Álbum de Fotos
» Notícias
» Comentários
» CEP
» Fale Conosco
» Favoritos
» Quem Somos


Rio Grande do Sul (RS)

Quadro Natural
Parques Estaduais

Características:

Seu relevo apresenta três regiões naturais: o planalto, o pampa e a região lagunar.
O planalto serrano ocupa a maior parte do território. 11% de seu território ultrapassam os 600 m de altitude, 70% ficam a menos de 300 m. A nordeste, encontram-se altitudes de 900 a 1.000 m, chegando a apenas 100 m no vale médio do Rio Uruguai. Na parte meridional apresenta escarpas com o nome genérico de Coxilha Grande. O ponto culminante do Estado é a Serra Geral com 1.398 m de altitude.
Dois tipos de cobertura vegetal ocorrem no Rio Grande do Sul: campos e florestas. Os campos ocupam cerca de 66% da superfície do estado. As florestas cobrem 29% do território estadual. Nas áreas de maior altitude, com mais de 400 m, domina a chamada Mata de Pinheiros. Na floresta está presente a erva-mate, objeto de exploração econômica desde o início do povoamento do Estado. Em cerca de 5% do território ocorre a vegetação do tipo litorâneo, que se desenvolve nos areais da costa.
Na parte centro-meridional encontra-se o Pampa Gaúcho, que corresponde a um planalto de ondulações suaves, com altitudes inferiores a 500 m.
A região lagunar na costa atlântica apresenta dunas e restingas, além de grande quantidade de lagunas, destacando-se as Lagoas dos Patos e Mirim. A Lagoa Mirim recolhe as águas do Rio Jaguarão, a Lagoa dos Patos, as dos Rios Turucu, Camaquã e Jacuí, as deste último por meio do estuário denominado Guaíba. A Lagoa dos Patos se comunica com a Lagoa Mirim através do Canal de São Gonçalo, e com o Atlântico por meio da Barra do Rio Grande. Além das duas grandes lagoas, há numerosas outras, menores, na planície litorânea, entre elas as de Itapeva, dos Quadros, do Peixe e da Mangueira.
A posição do Rio Grande do Sul faz com que seu clima seja muito influenciado pelas massas de ar provenientes do Pólo Sul, apresentando um clima diverso do resto do País.
Dos ventos que sopram no Estado, dois têm denominações locais: o Pampeiro, vento tépido, procedente dos pampas argentinos; e o Minuano, vento frio e seco, originário dos contrafortes da Cordilheira dos Andes. Apresenta características climáticas típicas das regiões subtropicais, com temperaturas médias bem abaixo de 18ºC e com mais 25 dias de geada anuais e nevadas ocasionais, chuvas abundantes, regularmente distribuídas no Planalto Serrano e no Pampa Gaúcho e no Litoral, chuvas relativamente escassas.
Sua hidrografia pertence à Bacia do Prata sendo o rio mais importante o Uruguai, além dos Rios Taquari, Ijuí, Jacuí, Ibicuí e Camacuã.

Parques Estaduais :

Parque Área total (ha) Municípios
Bento Gonçalves da Silva 350 Cristal
Camaquã 7.993 Camaquã
Caracol 100 Canela
Ibitiriá 415 Bom Jesus e Vacaria
Itapuã 1.535 Viamão
Delta do Jacuí 17.245 Canoas, Porto Alegre, Triunfo e Guaíba
Tainhas 4.924 Cambará do Sul e São Francisco de Paula
Espinilho 300 Uruguaiana
Podocarpus 3.645 Encruzilhada do Sul
Ecológico da Guarita 350 Torres
Florestal de Rondinha 1.000 Rondinha
Florestal do Turvo 17.491 Tenente Portela
Florestal Espigão Alto 1.431 Barracão





Busca no Site:
Busca por município:

© Copyright 2000-2013 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal