Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 22 de Janeiro de 2019

Bandeira de São Paulo
Bandeira de São Paulo

» Home
» Brasil
» Regiões
» Estados
» Capitais
  :: Monte Alto - SP
    .: Dados Gerais
    .: História
    .: Informações
    .: Lazer
    .: Turismo Cultural
    .: Sites Municipais
    .: Álbum de Fotos

 


Monte Alto - SP

Turismo Cultural
Arquitetura | Templos | Museus | Centros Culturais | Faculdades | Bibliotecas | A Menina Izildinha

Arquitetura:

Mausoléu da Menina Izildinha:
Localização: Av. Comendador Castro Ribeiro.

Monumento aos Jogos Abertos do Interior:
Localização: Praça Dr. Luiz Zacharia de Lima.

Estação Ferroviária da Estrada de Ferro Monte Alto:
Construção de 1908, foi a primeira a ser inaugurada na ferrovia. Foi desativada em 1956, juntamente com a linha toda. Hoje o prédio da estação, bastante descaracterizado, funciona como escola do SENAI.

Santuário Nossa Senhora da Conceição Virgem Montesina:

Templos:

Igreja do Senhor Bom Jesus:
Localização: Av. José Cupertino Botto, 352, Centro.

Capela de Santa Beatriz:

Capela Nossa Senhora das Graças:

Igreja de Santa Luzia:

Capela de São Pedro:

Capela Nossa Senhora do Rosário de Pompéia:

Igreja de São Benedito:
Localização: Travessa Orlando Alvarenga, 98, Centro.

Museus:

Museu de Paleontologia de Monte Alto:
Construído e inaugurado em 1992, encontra-se anexo ao Museu Histórico e Cultural.
Acervo: Fósseis de dinossauros que teriam vivido há aproximadamente 70 milhões de anos atrás e outros animais que viveram durante o período cretáceo 65 a 110 milhões de anos que viveram nos arredores da cidade e nas cidades vizinhas e uma pequena coleção de rochas brasileiras. 
Localização: Praça do Centenário s/nº, Centro - Tel: 3342-7845.
Funcionamento: 3ª feira a domingo das 13:00h às 17:00h.

Museu Municipal de Arqueologia de Monte Alto:
Acervo: Material encontrado em  escavações em sítio arqueológico no bairro Água Limpa (zona rural) feitos em pedra lascada e polida.
Localização: Praça do Centenário s/nº, Centro - Tel: 3342-1123.
Funcionamento: 3ª a 6ª feira das 8:00h às 11:00h e das 13:00h às 17:00h, sáb., domingos e feriados das 13:00h às 17:00h.

Museu Histórico e Cultural Dr. Fernando José Freire de Andrade:
Acervo: Armas e material bélico, revistas, jornais e periódicos, som (fitas cassete, discos, Cds etc.), objetos e utensílios domésticos, livros, esculturas, pinturas, imagem (cine, foto e vídeo), peças sacras, ferramentas e utensílios de trabalho, e documentos..
Localização: Praça do Centenário s/nº, Centro - Tel: 3242-7845.
Funcionamento: 3ª a 6ª feira das 13:00h às 17:00h.

Centros Culturais:

Centro Cívico e Cultural / Centro de Artes:
Localização: Praça do Centenário s/nº, Centro - Tel: 3242-1123.

Conservatório Musical Municipal Maestro Mário Veneri:
Localização: Praça do Centenário s/nº, Centro - Tel: 3242-7846.

Teatro Municipal de Monte Alto:

Faculdades:

FAN - Faculdade de Administração e Negócios:
Localização: Rua Wady Elias, 191 - Tel: 3242-7399.

Bibliotecas:

Biblioteca Municipal Dr. Júlio Raposo do Amaral:
Localização: Praça do Centenário, s/nº, Centro - Tel: 3242-1123.
Funcionamento: 2ª a 6ª feira das 7:00h às 18:00h.

A Menina Izildinha:

Maria Izilda de Castro Ribeiro faleceu no ano de 1911, na cidade portuguesa de Guimarães, aos 13 anos de idade de leucemia. Em 1950, seu corpo foi trazido para o Brasil a pedido de seu irmão Constantino Castro Ribeiro. A exumação produziu espanto. Conta a lenda que, quase 40 anos depois da morte, o corpo de Izildinha estava intacto, coberto de flores ainda viçosas, o que gerou a crença de que a menina era uma santa. O primeiro destino do cadáver no Brasil foi a capital paulista, onde o culto teve início. O túmulo tornou-se ponto de peregrinação e centenas de graças lhe foram atribuídas. Em 1958 foi trazida para Monte Alto e os moradores da Cidade arrecadaram dinheiro e construíram um mausoléu. Passou a ser conhecida como o Anjo do Senhor.  A comunidade portuguesa da região doou a Constantino terrenos para que ele inaugurasse a indústria alimentícia que tanto queria. Na década de 60, o mito tornou-se alvo de disputa judicial. Depois de se desfazer da fábrica em Monte Alto, Constantino tentou remover a santinha da cidade. Queria levá-la de volta para São Paulo. O corpo foi incorporado ao patrimônio de Monte Alto. Os restos mortais encontram-se num caixão de chumbo e não podem ser admirados mas dizem que continua intacto. Izildinha não é reconhecida pela Igreja. Milhares de pessoas visitam o Mausoléu e deixam fotos e pertences devido as graças recebidas.






® Copyright 2000-2017 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal