Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 22 de Outubro de 2014
Busca no Site:
Busca por município:

Bandeira do Rio Grande do Sul
Bandeira do Rio Grande do Sul

» Home
» Brasil
» Regiões
» Estados
» Capitais
  :: Quaraí - RS
    .: Dados Gerais
    .: História
    .: Informações
    .: Lazer
    .: Turismo Cultural
    .: Sites Municipais
    .: Álbum de Fotos

 
» Álbum de Fotos
» Notícias
» Comentários
» CEP
» Fale Conosco
» Favoritos
» Quem Somos


Quaraí - RS

Turismo Cultural
Arquitetura | Templos | Museus | Centros Culturais | CTGs | Bibliotecas | A Lenda da Salamanca do Jarau

Arquitetura:

Ruínas do Saladeiro:
Ruínas do antigo complexo saladeril, o maior ponto de charqueada do Estado, construído em 1887.
Localização: Vila Saladeiro, 2 km do Centro - Tel: 423-1001.

Ponte Internacional de Concórdia:
Ponte sobre o Rio Uruguai, com 750 m de extensão, em curva, 12 m de largura com trânsito em duas vias e mais passeios laterais de 1,90 m em cada lado. Inaugurada em 1968, liga a cidade de Artigas no Uruguai ao Município de Quaraí.
Localização: Praça General Osório.

Monumento da Ponte Internacional:
Monumento situado na cabeceira da ponte, é feito de cimento, em estilo moderno.

Prédio da Prefeitura Municipal: 
Construção de 1892, era a residência do primeiro Intendente do Município, Francisco Macedo Couto.

Hospital de Caridade: 
Construção de 1930.
Localização: Rua Dr. Ascânio Tubino, 780.

Clube Comercial:
Construção de 1903. 
Localização:  Rua João Batista de Castilhos.

Auditório Natho Henn:
Réplica de um auditório grego. 
Localização Praça General Osório.

Templos:

Igreja Matriz de São João Batista:
Construção  do séc. XIX.
Localização: Em frente à Rua João Batista de Castilhos.

Monumento do Centenário:
Monumento composto por  três ligotes de ferro, representando os três personagens da lenda Salamanca do Jarau: Teiniaguá, Santâo e Blau, rodeados por quatro triângulos significando os quatros pontos cardeais. 
Localização: Praça General Osório, entre a Av. 7 de Setembro e João Batista de Castilhos.

Museus:

Museu Crioulo:
Instalado no CTG Sentinela do Jarau.
Localização: Vinte de Setembro, s/nº - Tel: 423-1556.

Centros Culturais:

Centro Cultural Comunitário Dionélio Machado:
Criado em 1974, abriga a Biblioteca Pública.
Localização: Praça General Osório.

CTGs:

CTG Gaudêncio Conceição:
Localização: Rua das Sete Missões, 244 - Tel: 423-1343.

CTG Gaudérios da Coxilha:
Localização: Rua Reverbel, 823.

CTG Sentinela do Jarau:
Localização: Vinte de Setembro, s/nº - Tel: 423-1556.

Bibliotecas:

Biblioteca Pública Municipal:
Localização: Praça General Osório.
Funcionamento: 2ª a 6ª feira das 8:00h às 12:00h e das 14:00h às 18:00h.

A Lenda da Salamanca do Jarau:

Conta a lenda que, Anhagá-pitã, diabo vermelho dos índios, transformou uma princesa moura em Teiniaguá, isto é, lagartixa. Ela tinha uma pedra preciosa vermelha na cabeça e, como mulher, jamais havia sido tocada por homem. Aquele pelo qual se apaixonasse seria feliz para sempre. No tempo das reduções jesuíticas, o sacristão da Redução de Santo Tomé, na Argentina, a encontrou junto ao rio Uruguai, a aprisionou e a levou para seu quarto. Ele morava numa cela de pedra nos fundos da própria igreja, na praça principal da aldeia. À noite, Teiniaguá se transformou em mulher, bebeu, junto com o Sacristão, o vinho da Santa Missa e se amaram. Os padres descobriram, a princesa moura transformou-se em Teiniaguá e fugiu para as barrancas do rio Uruguai, e o sacristão foi condenado a morrer diante da igreja que ele tinha profanado. No dia da execução, Teiniaguá sentiu que seu amado corria perigo e começou a procurar o sacristão abrindo rombos na terra. Chegou na hora em que o carrasco ia sacrificar o sacristão. Aconteceu um estouro muito grande e tudo desapareceu. Teiniaguá tinha libertado o sacristão e voltado com ele para as barrancas do rio Uruguai. Por vários dias procuraram um local onde pudessem viver felizes até que chegaram ao Cerro do Jarau, no Quaraim, onde descobriram uma caverna muito funda e comprida que ficou encantada. Virou Salamanca, que quer dizer "gruta mágica", a Salamanca do Jarau. Lá, se tornaram os pais dos primeiros gaúchos do Rio Grande do Sul. Quem entrasse na gruta, passasse por 7 provas e conseguisse sair, ficaria com o corpo fechado e com sorte no amor e no dinheiro para o resto da vida.






Busca no Site:
Busca por município:

© Copyright 2000-2013 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal